X Congresso Diocesano - 2º Dia

Iniciamos o 2º dia do X Congresso Diocesano com o santo terço, muita oração e louvor!

1ª Pregação - Espírito Santo sopro da vida - Silvio

A 1ª pregação do 2º dia do X Congresso Diocesano foi feita pelo Silvio da Diocese de Piracicaba. Silvio iniciou a pregação dizendo que precisamos entender o nosso papel como anunciadores e que precisamos tomar cuidado com as nossas estruturas, somos muitos representantes da Igreja e isso nos traz muitas responsabilidades. O Papa diz que temos que tomas cuidado e amar profundamente, olhar para os irmãos que não encontraram o amor de Deus e transmiti-lo. O amor de Deus só pode ser transmitido através de nós, mutias vezes temos dificuldades de olhar nos olhos dos irmãoes pois o nosso olhar esta carregando de malícia. As pessoas estão sedentas do amor de Deus.

Nessa pregação ouvimos também que nunca se viu tanto a RCC se dobrar tanto, essa prática se intensificou e isso mostra que o nosso movimento esta sendo conduzido pelo senhor. Temos que caminhar pela unidade, precisamos ser unidos, precisamos caminhar em perfeita comunhão. É fácil perceber como o senhor conduz o nosso movimento. 

Pelo seu batismo, todos somos santos, e temos que buscar sempre ser santos. O Senhor nos pede para nos concervarmos santos. O que o senhor mais deseja é que a santidade se intensifique em nosso ser. 

Palavras do nosso Bispo Dom Edmilson

"Espero que o congresso possa colocar no coração de vocês que tem a missão de levar a RCC, em um coração misericordioso.
A misericórdia de Deus não tem limites por maior que seja o nosso pecado, a misericórdia vai além da Justiça. Deus é verdadeiro e misericordioso. Que possamos celebrar e ser a misericórdia de Deus."

 

 

 

 

 

2ª Pregação - Sede Misericordioso como Vosso Pai é Misericordioso (Lc 6,36) - Silvio

A 2ª pregação teve como tema sede misericordioso como o vosso pai é misericordioso, também foi conduzida pelo Silvio, ele falou que essas são as palavras de ordem que o senhor quer nos passar, não somente para cumprir um propósito, mas para nos transformar. Quando deixamos que o sopro do espírito nos conduza, conseguimos entregar a situação do irmão, ter sensibilidade e saber como ajudar o nosso irmão. Devemos olhar a necessidade do irmão e, com sensibilidade ajudar e transmitir esse amor, isso exige de nós sacríficios. 

Silvio nos disse, também, que temos que distribuir o amor, sem olhar a dor. Jesus é o verdadeiro amigo, é ele que nos conhece e tranpõe o seu amor e misericórdia, as pessoas precisam sentir esse amor misericordioso do senhor através de nós. Precisamos valorizar o nosso Grupo de Oração, independente de quantas pessoas o seu Grupo de Oração tenha, Jesus vai agir. Preserve o seu Grupo de Oração e em nome Jesus ele será reerguido. 

Precisamos ser homens corajosos na fé mesmo nas dificuldades. As boas ações vem de Deus, o que ele espera é que a praticamos. Pela misericórdia de Deus, Jesus veio nos salvar, veio salvar toda a humanidade, veio para abrir os olhos de toda a humanidade e veio para dar oportunidade de converção.

As vezes nós vivemos como o filho mais velho da passagem do filho pródigo, e pensamos em uma recompensa depois que fazermos a vontade de Deus, nós não entendemos que a nossa maior recompensa é estar com o senhor. O pai amou seu filho, sem questionar o que ele viveu, o irmão mais velho não comemorou o retorno do irmão mais novo, e não exerceu o amor do pai. Independente do pecado, todos tem o direito de receber o amor de Deus, precismos exercer a misericórdia em nosso coração, precisamos nos reconciliar com nossos irmãos. Esse ano exige de nós que vivamos a misericórdia e precisamos transpor essa realidade em nosso Grupos de Oração. 

3ª Pregação - Coordenador Diocesano - Toninho

O nosso Coordenador Diocesano iniciou a 3ª pregação falando que a o nosso Grupo de Oração (GO) é a principal célula da Renovação Carismática Católica (RCC), não fosse ele a RCC não existiria. Por isso, em todo GO temos que buscar o nosso pentecoste semanal, para consegui nos livrar do cansaço e desanimo que as vezes nos abatem. Precisamos valorizar o nosso GO pois ele é o nosso tesouro. Como será que estou cuidando? Estou amando? Estou valorizando? Cuide de seu GO, mas tenha cuidado com o ativismo, cuidado para assumir muitas coisas, precisamos ter equilibrio para poder viver bem, sem ficar cansado ou estressado. 

O centro de nosso GO deve ser, sempre, nosso senhor Jesus Cristo, as pessoas vão para encontra-lo, por isso, a acolhida e olhar o irmão com o amor são tão importantes. O senhor diz a você: Não desanime! Não se deixe vencer pelo cansaço! 

Devemos assumir os nosso carismas e saber que a maior cura e a maior libertação da alma, a partir de então passamos a desenvolver um amor por nosso irmãos, pelos que sofrem, faz desabrochar em nós esse desejo de ajudar o próximo, o maior pecado é a falta de caridade.